Documentação para viagem

As férias estão chegando e o que fazer com seu pet? Onde deixá-lo? Ou será que a melhor opção é levá-lo junto para curtir as férias? Esta é hora de começar a pensar em todos os preparativo…
 
Ao resolver que vai viajar com seu animal de estimação, o primeiro passo diz respeito aos preparativos de toda a família.
 
Se você vai para um lugar onde ficará hospedado em casa de parentes ou amigos ou casa alugada, deve se certificar de que o local é adequado para o seu pet ficar.
 
Você pode encontrar na internet sites com listas de hotéis que aceitam animais de estimação e que dão também opções de lazer também para o seu pet. Ainda assim, é sempre bom entrar em contato com o hotel antes de fazer sua reserva e entender suas regras para aceitação de animais por e-mail ou fax, para que possa avaliar quais são mais flexíveis e entender o que vai ser possível fazer com seu amiguinho.
 
Para viagens nacionais, é necessário: 
 

  • Comprovante de vacinação anti-rábica assinado por um médico veterinário registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária do local de origem do animal. A vacina é obrigatória para animais (cães e gatos) a partir de três meses e deve ter sido aplicada há mais de 30 dias e menos de um ano.

  • Certificado de saúde do cão ou gato. Nesse documento, devem constar raça, nome, idade, origem, estado de saúde geral e todos os principais dados do proprietário.

 
Se você vai viajar de avião, precisa ainda ver quais são as regras para transporte de animais da companhia aérea que escolher. Algumas companhias podem ter restrições quanto à idade ou porte do animal, por exemplo. Você deve entrar em contato com a companhia escolhida para se certificar quanto às regras e eventuais tarifas
 
Se você acha que vai dar muito trabalho viajar com seu animal de estimação, considera que a viagem seja muito complicada para ele, a melhor opção é a hospedagem pet.

 

Hospedagem Pet
 
A hospedagem pet funciona no esquema de diárias. Quando você tem o interesse de hospedar o seu animalzinho é fundamental conhecer previamente o local, visitar o espaço, conhecer a rotina do hotel, os tratadores e saber se há espaço para o animal se exercitar são questões fundamentais para se certificar de que o seu bichinho vai se sentir bem quando for deixado lá. Alguns hotéis oferecem serviço de recreação e até mesmo spa para animais acima do peso. Se o hotel não permitir a visitação, desconfie: pode não ser um bom local para deixar o seu animal.
 
Um ponto a se observar ao visitar um hotel para animais é o asseio do espaço. Se há limpeza constante e funcionários cuidando da lavagem dos locais onde os animais dormem, é uma primeira garantia de bom tratamento. Existem relatos de empresas que oferecem hospedagem e, na verdade, acabam juntando os animais em qualquer lugar, sem as menores condições de higiene ou manutenção.
 
Para serem hospedados, é necessário seguir algumas regras. No caso dos cães, é impreterível que vacinação e vermifugação estejam em dia. Outra exigência é o uso de uma coleira anti-pulga. Isso tudo é necessário para que o contato com o ambiente e outros animais seja tranqüilo e não ocorra transmissão de doenças ou parasitas.
 
Seja levando seu bichinho com você ou deixando-o hospedado com todo o conforto a que tem direito, o importante é utilizar a melhor opção para o seu estilo de vida e curtir as férias.