Vacinação

A vacinação tem sido considerada nos últimos 100 anos o método mais eficiente para o controle das doenças infecciosas.

As vacinas são produzidas a partir dos próprios vírus ou bactérias e têm capacidade de estimular o sistema imunológico a produzir anticorpos contra as doenças que eles causam.

Podem causar algumas reações benignas e de curta duração (até 48-72 horas). As mais comuns são dor no local da vacinação, febre, e dores pelo corpo.

De um modo geral, a partir de 45 dias de vida, o filhote já está apto a receber a primeira dose de vacina. A prima vacinação necessita de 3 doses para garantir a imunização bem sucedida e revacinação anual.

Os cães deverão receber vacinas que protegem contra: raiva, cinomose, hepatite infecciosa, parvovirose, coronavirose, leptospirose, parainfluenza e traqueobronquite.

Os gatos deverão receber vacinas que protegem contra: raiva, panleucopenia, rionotraqueíte, calicivirose, coronavirose.

Além destas vacinas, existem outras opcionais que serão utilizadas de acordo com o risco que seu animal tem de contrair a doença em questão. Se for necessário, o médico veterinário orientará.